Reunião Associação PODE

Foto - reunião Associação PODEO deputado Waldemar Borges irá propor à Assembleia Legislativa, através de projeto de lei, a transformação da Associação PODE (Portadores de Direitos Especiais), de Pesqueira, em entidade de utilidade pública pelos relevantes serviços prestados no atendimento de crianças e adolescentes portadoras de deficiências físicas e mentais e em situação de vulnerabilidade social. Através de contato promovido pelo vereador Evando Júnior, o parlamentar se reuniu com seus coordenadores nesta quarta-feira (11).

Atuando há uma década no Agreste, a Associação PODE assiste 188 crianças e adolescentes portadoras de deficiências, como autismo, Down, microcefalia, das cidades de Pesqueira, Sanharó, Alagoinha, Venturosa, Belo Jardim, São Bento do Una e Tacaimbó. Em paralelo, garante acompanhamento de adultos a partir de seu Centro Auditivo realizando nessas duas linhas de atuação cerca de 600 atendimentos por mês.

Para manter as atividades, a associação conta apenas com um repasse do SUS. “Estamos muito felizes com a iniciativa do deputado. Com o título de utilidade pública poderemos ir em busca de mais recursos”, disse a coordenadora, Danielle Calado. Para Waldemar Borges, é fundamental o reconhecimento de instituições como a PODE. “Ao longo desses dez anos, ela vem dando suporte aos jovens e às suas famílias para que as barreiras sociais sejam vencidas”, destacou.